Redes Sociais



Layout desenvolvido por Renata. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquisar este blog

Postagens populares

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Protesto Materno - Por um Brasil melhor e mais focado no que interessa

Hoje as mães blogueiras estão unidas em prol do movimento que tem tirado o Brasil do ostracismo e tem trazido muitos ativistas virtuais para as ruas, para lutar por um ideal, mesmo que de uma forma um tanto confusa.

Digo confusa, porque as manifestações estão tomando um rumo estranho nos últimos dias.

Lembremos que todo esse movimento enorme começou por causa do aumento do valor das passagens de ônibus em SP, alguns estudantes começaram a protestar contra os 20 centavos de aumento na Avenida Paulista, foram duramente repreendidos pela polícia e logo o País todo tinha se unido para lutar pela redução da tarifa e por todas as outras injustiças que vinham acontecendo há muito tempo nesse país.

Mas é no "todas as outras injustiças" que eu acredito que o movimento pode se perder. Hoje pela manhã recebemos a notícia de que o MPL não vai convocar novas manifestações, o que deixa o movimento totalmente sem liderança e daí pra frente, tudo pode acontecer. Pra quem ainda não viu a notícia, está aqui o link: 


O MPL deixou claro desde o início de que a luta era contra o aumento da tarifa, a luta pelo resto dos problemas do Brasil era por conta do povo que assumiu essa bandeira e gente antes que eu seja linchada por quem é totalmente a favor de qualquer coisa, eu não sou contra a mobilização, sou TOTALMENTE à favor, mas eu acho que a gente só conquista um objetivo quando estamos muito bem focados e isso ninguém pode afirmar que as manifestações estão, é tudo muito disperso.

Cada pessoa luta por uma coisa, é contra a copa do mundo (que muita gente fez festa quando o Brasil ganhou a eleição, agora estão todos desmemoriados), é contra a Cura Gay, é contra a PEC 37, é por mais hospitais, é por saúde, é por educação, enfim a lista não termina nunca mais. São lutas dignas? Demais! E o povo já tinha que ter ido às ruas faz tempo em busca de tudo isso, mas é necessário foco, é necessário saber o motivo da luta, é necessária uma liderança, senão acaba tudo na mesmice de sempre.

Fora que a mudança precisa começar na gente né? Muitas pessoas que estão nas ruas protestando por um Brasil mais justo, sentam nos bancos reservados do ônibus e metrô e fingem dormir quando um idoso, gestante ou deficiente entra nos coletivos, param em vagas reservadas para deficiente no shopping, não devolvem o troco que recebem à mais por engano, usam carteirinha de estudante para pagar meia quando não são mais estudantes, entram na fila para receber benefício do governo quando não precisam dele. Não estou generalizando, tem muita gente honesta, mas o que eu quero dizer é que se você continuar com o seu "jeitinho brasileiro", as coisas não vão mudar nunca, estou errada?

O que a gente precisa é apenas de foco! De encarar os objetivos certos, de maneira correta, ando vendo cartazes nas manifestações com pedidos ridículos, onde as pessoas querem apenas ser fotografadas e ficar famosas no Facebook, Twitter e Instagram, tem gente levando tudo isso na brincadeira e valorizando somente o seu egocentrismo.

Outros acham que estão na guerra do Vietnã! Saem para os protestos, encapuzados e prontos para destruir, queimar e depredar, isso é coisa de bandido e não de manifestante e mais uma vez, não estou generalizando, a gente sabe que a grande massa é pacífica, mas tem um bando de sem o que fazer que desqualifica tudo que está sendo feito.

Fora o festival de compartilhamento de bobagens no Facebook e no Twitter, é desesperador ver um monte de matéria antiga tirada do contexto original, de fotinhos com frases de efeito e um monte de outras coisas de origem duvidosa, isso só dispersa do verdadeiro motivo do movimento. A mesma coisa serve para os objetivos distorcidos que são plantados no meio do povo e o povo engole como se fosse verdade absoluta, tem partido se aproveitando da comoção nacional para plantar a discórdia e o povo sai compartilhando como massa de manobra, gente, vamos parar, analisar, checar as fontes e depois sair distribuindo? Senão fica uma coisa tão misturada que quando alguém pergunta o real motivo do teu protesto, você não sabe responder.

Mais uma vez, estou MUITO orgulhosa do povo Brasileiro que levantou da cadeira do comodismo e está nas ruas reivindicando, mas eu só acho que um motivo real precisa ser colocado à frente de tudo isso.

Basta de violência, depredação, saques, roubos e tudo mais que está acontecendo através das mãos dos delinquentes oportunistas, afinal ninguém precisa roubar e destruir o comércio alheio para dizer que está manifestando.

Apoio 100% os protestos, só acho que o rumo está meio distorcido e um tanto confuso.

E acho ainda mais, as urnas vão dizer se isso tudo mudou mesmo a cabeça do brasileiro:

Autor desconhecido (Fonte: Facebook)

Um texto diferente meio dissonante de tudo que anda rodando por aí, mas uma opinião sincera!

1 comentários:

Ariane disse...

Esta tudo errado mas não podemos perder a esperança e que uma hora possamos mudar, apoio tudo o que você escreveu.
http://receitasdebelezaverde.blogspot.com.br/

Marcadores

síndrome de west (24) desenvolvimento (15) diabetes (6) gravidez (6) novidades (6) atualizações (5) desabafo (5) maternidade (5) atraso no desenvolvimento (4) book gestante (4) consulta pediatra (4) contagem regressiva (4) festa de um ano (4) gravidez e diabetes (4) segundo filho (4) Ano Novo (3) Apae (3) Dia das Mães (3) amamentação (3) chá de bebê (3) criança especial (3) fotografia (3) gripe (3) grávida (3) internação (3) mãe (3) sobre a mamãe (3) 21 semanas (2) 24 semanas de gestação (2) 4 anos (2) 4 meses (2) De Deus um anjo (2) Epilepsia (2) Novo layout (2) Obstetra (2) US morfológica (2) atualidades (2) cardiologista (2) controle glicemia (2) crise de epilepsia (2) demissão (2) escolinha (2) evoluções (2) fotolivro (2) grávida diabética (2) hipoglicemia (2) milagres (2) novo projeto (2) outros assuntos (2) primeira US (2) refluxo (2) selinho (2) sorriso (2) sorteio (2) tipos de parto (2) viagem (2) vivendo e aprendendo (2) volta ao trabalho (2) #protestomaterno (1) 1 ano (1) 11 dias (1) 11 meses (1) 12 dias (1) 12 semanas (1) 14 semanas de gestação (1) 17 semanas (1) 18 semanas (1) 19 semanas (1) 2 anos (1) 2 dias (1) 23 semanas (1) 28 semanas (1) 29 semanas de gravidez (1) 3 anos (1) 3 meses (1) 30 semanas gestação (1) 31 semanas de gestação (1) 33 semanas de gestação (1) 34 semanas (1) 35 semanas (1) 4 dias (1) 6 dias (1) 7 dias (1) 9 meses (1) 9 semanas gestação (1) Alta (1) Blogagem Coletiva (1) Constatações (1) Crianças Especiais (1) Deus (1) H1N1 vacina (1) News (1) O positivo (1) Onze meses (1) Relato de parto (1) Sarah (1) Saudades (1) Special Kids (1) Testado pela Mamãe (1) Theo (1) UTI Neo-natal (1) aborto (1) agradecimentos (1) alimentação (1) amor incondicional (1) assentos reservados (1) boas novas (1) caminhando (1) cesárea (1) cinco meses (1) como tudo começou (1) comprimidos hipoglicemiantes (1) concurso (1) convênio (1) crise gelástica (1) cólicas (1) data do parto (1) decisão sobre o parto (1) decoração (1) depressão (1) dia dos pais (1) diabetes tipo I (1) doencinhas infantis (1) dois meses (1) dor ciático (1) dor na perna esquerda (1) ecocardiograma (1) educação (1) entrevista de emprego (1) entrevista istoé (1) espasmos infantis (1) estresse (1) exames de sangue (1) expectativas (1) falando (1) felicidade (1) fraqueza (1) futuro (1) gentileza (1) gravidez em diabéticas (1) hemoglobina glicada (1) icterícia (1) infecção urinária. exame de toque (1) insulina (1) licença maternidade (1) livro da Sarah (1) luto (1) manifestações (1) medicação (1) milagre (1) nervo ciático (1) não é só por 20 centavos (1) papai Diego (1) papinhas (1) parto normal (1) polêmica da mãe vaca (1) pronto socorro (1) protestos em SP (1) protestos no Brasil (1) rapidinhas (1) refletindo (1) rotina (1) segundo trimestre gestação (1) selinhos (1) sensibilidade (1) sentimentos maternos (1) sexto sentido (1) suco (1) terceiro trimestre (1) tipos de diabetes (1) trabalho (1) ultrassom (1) ultrassom obstétrico (1) um ano (1) um mês (1) vacina (1) É amanhã (1)