Redes Sociais



Layout desenvolvido por Renata. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquisar este blog

Postagens populares

quinta-feira, 31 de março de 2011

Últimos dias como mãe em tempo integral

Oi gente como vão?
Por aqui as coisas andam meio corridas nestes últimos dias que tenho como mãe da Sarah em tempo integral. São muitos detalhes para acertar antes de voltar ao trabalho, como babá, consultas com pediatra, organização do dia-a-dia para as coisas correrem bem e uns probleminhas com alguns documentos que a faculdade resolveu perder, mas de resto tudo na mais santa paz.
Como está meu coração? Em pedaços…
Os dias que tenho vivido me lembram muito o sentimento que eu tinha dias antes do parto, uma coisa meio estranha, uma ansiedade misturada com medo. É assim que me sinto agora.
Conflito terrível de sentimentos dentro da cabeça, ao mesmo tempo que estou feliz e empolgadissima com o novo emprego e as expectativas pelas novidades que me aguardam eu sinto uma tristeza profunda em pensar que não estarei mais o dia todo ao lado da minha princesa.
Não vou mais acordar com o seu cheirinho, porque quando meu marido sai para o trabalho eu coloco ela na cama comigo e ela dorme mais um pouquinho do meu lado e às vezes fico horas olhando para o seu rostinho sereno e inocente dormindo , ouço sua respiração, sinto sua pele e isso não acontecerá mais porque vou levantar praticamente no mesmo horário que ele.
Não vou mais dar o almoço, não vou mais dar banho à tarde, escolher com carinho sua roupinha, brincar, assistir TV juntinhas, enfim cuidar com todo carinho e dedicação o dia todo.
Já se passaram quase dez meses desde o seu nascimento e digo com toda a propriedade: FORAM OS MELHORES DEZ MESES DE TODA MINHA VIDA!!! Corridos, medrosos, maravilhosos e o período em que eu mais aprendi. Agradeço demais a Deus por ter me dado essa oportunidade.
Sei que vou sofrer demais (e já estou sofrendo, calada…), mas é necessário para mim e para ela. Para ela ter um futuro melhor, para nós conquistarmos nossa casa própria, para o papai dela terminar a faculdade, para ela ter os estudos garantidos quando chegar a idade de cursar uma faculdade, fazer um intercâmbio, um curso mais elaborado, enfim, quando ela for maior sei que vai entender.
Escrevo este post entre lágrimas, porque se trata do final de um ciclo. Dias que não voltarão mais, sensações únicas que estão ficando para trás.
Amo cuidar da Sarah, amo cuidar das suas coisas e para mim está sendo muito difícil entender que isso tudo está prestes a acabar. Confesso que um medo bate, medo dela esquecer de mim, de ficar indiferente porque vou passar pouco tempo com ela, medo dela não me chamar de mãe, de não me amar tanto porque não estarei o dia todo com ela.
Uma culpa interminável por deixá-la o dia todo, por não poder acompanhar mais cada detalhe do seu desenvolvimento. Está sendo muito difícil pra mim e a cada momento que essa separação se aproxima meu coração se angustia mais e eu fico mais sensível.
Não sei como tudo vai ser a partir de segunda, sempre soube que esse dia iria chegar, mas não queria pensar nele e agora ele está prestes a acontecer, tenho que pedir forças a Deus para suportar a saudade.
Sei que toda mãe que volta a trabalhar passa por isso, mas sei também que o sentimento de culpa nunca irá totalmente embora. Sei também que tenho que aproveitar cada minutinho junto dela quando não estiver trabalhando.
Bom, chega de lamentações e choradeira vamos encarar a vida como adultos e tudo irá ficar bem, eu sei…
18062010029
102_1067
100_1089
102_1069
102_1086
09012011062
IMG_0049
Que saudade de tudo isso!!!
Bjus e desculpem pelo livro kkkkk.
sábado, 26 de março de 2011

ELE está no comando!

Oi gentchi!!!

Antes de mais nada quero agradecer DE CORAÇÃO ABERTO à todos os comentários deixados no post anterior, foi de suma importância para que eu melhorasse da deprê que eu me encontrava. Sabia que podia contar com a palavra amiga de todas vocês, MUITO OBRIGADA MESMO!

Mas é como dizem por aí, quando uma coisa tem que ser sua, nada tira, nem mesmo os problemas ou dificuldades que apareçam no caminho.

Na segunda-feira dia 21/03 recebi uma ligação do RH pedindo que eu comparecesse lá para conversar sobre os problemas com a minha vaga. Fui super ansiosa e com medo de receber uma negativa definitiva, mas ao chegar lá fui informada que um diretor havia brecado minha contratação por alguns motivos:

Primeiro: Seria a única mulher em um departamento exclusivamente masculino até então.

Segundo: A única mulher que eles contrataram uma vez engravidou assim que a experiência acabou e eles tinham medo que isso se repetisse comigo.

Terceiro: Ele acha que por ter uma filha pequena sempre iria deixá-los na mão para levá-la ao médico e essas burocracias de criança pequena.

Ele pediu para conversar comigo e eu esclareci todas essas dúvidas dele e aparentemente o convenci de que nenhuma dessas alternativas iriam acontecer comigo, porque não tenho planos de ter outro filho nos próximos anos (isso é verdade, eu bem que gostaria, mas não posso fazer loucuras!), não teria problema nenhum em trabalhar num ambiente masculino, porque afinal quem estuda informática sabe que o mercado ainda é extremamente masculinizado e a Sarah não é uma criança que vive doente para eu precisar ficar faltando ao trabalho e com relação às consultas do pediatra minha mãe a levará junto com a pessoa que contratarei como babá (assunto para outro post rs).

Conversamos longamente e eu o convenci que merecia uma chance e ele liberou minha contratação, ou seja, à partir do dia 04/04 estarei iniciando no novo trabalho.

Onde? No escritório central das Lojas Marisa.

Cargo? Auditora de Sistemas

Estou muito feliz, é uma ótima oportunidade profissional e também financeira, o salário é legal e poderá ajudar no nosso orçamento que está um tanto restrito somente com o salário do Diego.

Fiquei feliz também porque assim poderei fazer a festinha da Sarah, porque sem emprego dificilmente conseguiria.

Obrigada mais uma vez à todas que me mandaram comentários de incentivo e força e gostaria de agradecer novamente a DEUS por ter colocado seus anjos no meu caminho e me ajudado a superar mais este desafio.

Agora é partir para a nova vida, cheia de novidades, como tem sido tudo desde que a Sarah nasceu.

Quando o que era difícil se torna impossível, Deus começa a agir. Ele abre sempre uma porta onde não há saída, o impossível faz acontecer.”

Bjus a todos e até breve!!!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Triste demais!

Oi gente como estão?

Eu não estou muito bem.

Meu dia começou muitíssimo bem. Ontem (17/03) fui chamada para a segunda fase de um processo seletivo que participei da primeira fase no início do mês de março. Pra falar a verdade eu nem esperava mais resposta desse processo devido a demora.

No horário combinado estava lá. Minha conversa seria com o gestor da área. Conversamos por mais ou menos uns 40 minutos e ao final da conversa ele me parabenizou e disse que a vaga era minha, pediu que eu aguardasse uma pessoa do RH conversar comigo os detalhes burocráticos como exame médico, relação de documentos e a data do início.

A funcionária do RH pediu que eu viesse para casa que ela entraria em contato comigo por telefone para me explicar os detalhes. E hoje por volta das 18:30 ela me ligou, passou todas as informações da vaga, me enviou um email com o endereço do local onde deveria fazer o exame admissional na segunda-feira e a realação de todos os documentos que precisaria entregar a ela ainda na semana que vem para que eu iniciasse na função no dia 01/04.

Porém, inesperadamente uns cinco minutos depois ela me ligou com um papo estranho de que estava com problemas na autorização da vaga, que eu desconsiderasse o exame médico e não fosse até lá na segunda-feira porque talvez eu não vá mais ser contratada. Só terei confirmação na segunda-feira.

O salário é ótimo, tem muitos benefícios e é o tipo de trabalho que eu gosto, bem formal e cheio de desafios e com chances de crescimento a médio e longo prazo.

Imaginem vocês agora como eu estou me sentindo? Já estava sonhando, fazendo planos, pensando na festa de um ano da Sarah que trabalhando poderia fazer do jeito que eu sonhei, já me via regularizando a situação financeira que está começando a ficar complicada visto que recebi a última parcela do seguro desemprego e o mês que vem não terei mais dinheiro para ajudar no orçamento da casa.

Sei que nesse momento tenho que ter fé, acreditar em Deus, pensar que algo melhor está à caminho, mas confesso que é muito difícil. É fácil ter fé quando o problema é dos outros, quando é com a gente a fé se esvai pelos dedos e não conseguimos força nem palavras ao menos para orar pedir sabedoria e forças para não desistir a Deus.

Estou muito triste, chateada e magoada. Tem hora que dá vontade de desistir de tudo. São mais de dois meses procurando emprego, estou me sentindo uma inútil e incompetente, parece que todos esses anos de faculdade, inglês, cursos extra-curriculares não adiantaram de nada. O mais incrível é que sempre saio com a impressão de que agradei, não entendo o que está acontecendo.

Desculpe o desabafo, mas estava muito angustiada e precisando falar com alguém e considero vocês aqui da blogosfera minhas amigas então estou chorando as mágoas nos ombros virtuais de vocês.

Agora é juntar os caquinhos e ir a luta!

Preciso me recuperar, é pela minha filha todo meu esforço.

CRW_0033

Bjus nos corações de todas e obrigada as que leram até aqui rs.

terça-feira, 15 de março de 2011

9 meses e a consulta com o pediatra

IMG_0186
Oi gente tudo bem?
Estou sumida né? Pois é, a correria ultimamente não me permitiu aparecer antes.  Esse negócio de procurar emprego estressa e ocupa nosso tempo. E o pior: até agora nada de emprego, só entrevistas… Tem hora que bate um desânimo…
Mas enfim, isso é assunto para outro post, nesse quero falar dos nove meses da minha pequena.
Nunca consigo postar no dia que ela faz mesvessário rs. Bom, os nove meses trouxeram algumas evoluções no desenvolvimento, mas como vou falar mais abaixo, a Sarah é um pouco lenta com as novidades, mas elas aparecem gradativamente, mas aparecem.
- Aprendeu a sentar sozinha definitivamente, perdeu o medo de se movimentar sozinha e agora vai para os lados e para a frente para pegar os brinquedos.
- Está com muito mais coordenação motora para pegar as coisas, bem mais firmeza. Agora ela brinca de verdade com os brinquedos dela.
- Balbucia algumas sílabas bem mais definidas e cantarola o dia todo. Muito bonitinho.
- Está que é só sorrisos para o papai e a mamãe, dá umas risadas lindas, me derreto toda.
- Agora ela presta atenção de verdade nos desenhos na televisão, ama a galinha pintadinha e os backyardigans, isso significa alguns minutos de paz.
- Está estranhando muito quem não convive muito com ela, inclusive minha sogra e o pessoal da casa do meu marido. Chora horrores e só fica bem no meu colo. Se estranhos tentam beijá-la ela vira o rosto e faz cara de choro. Não fica mais muito tempo no colo de ninguém que ela não está muito acostumada.
----------------------------------------------
Mudando de assunto agora, falando de pediatra:
Dia 14/03 foi a consulta de nove meses dela.
Está pesando 10.280 kgs e medindo 79 centímetros.
Gorda e grande demais para a idade dela. O pediatra chiou quanto ao peso, mas eu definitivamente não tenho culpa porque a alimentação da Sarah é mais do que saudável. Ela não come besteira, almoça e janta sopa de legumes com carne e frango, não cozinho com óleo e nem coloco carnes gordurosas na papinha dela. A sobremesa é sempre frutas e está tomando apenas três mamadeiras de leite por dia. Então o ganho de peso dela não é porque não a alimento direito, tenho minha consciência tranquila quanto a isso.
Quanto ao crescimento ele diz que pode ser os genes da família. Meus parentes e os do Diego são bem altos. Meu irmão mais novo mede quase dois metros e tem apenas 19 anos. Isso explica o fato dela tão grande.
Agora o desenvolvimento motor está atrasado segundo o médico. E em comparação à maioria dos bebês da mesma idade que ela eu também acho que está.
Ela vira e desvira com dificuldade ainda. Não esboça nem vontade de engatinhar muito menos ficar em pé segurando nas coisas. Não se arrasta pela casa, não fala na ainda, não tem nenhum dente.
Ele disse que se ela não tiver uma boa evolução até a próxima consulta, será encaminhada ao neurologista e ortopedista para avaliação. Temos que descartar qualquer problema mental ou físico. Pode ser apenas uma lentidão natural dela, mas temos que eliminar todas as possibilidades não é mesmo?
Bom, eu estou tentando pensar assim para não ficar pirada.
De resto está muito bem, sem nenhuma outra intercorrência.
Enfim, as novidades são essas, prometo não sumir mais assim.
Estou devendo visitas a todas, vou regularizar essa situação em breve, prometo.
Bjus em todas!!!

Marcadores

síndrome de west (24) desenvolvimento (15) diabetes (6) gravidez (6) novidades (6) atualizações (5) desabafo (5) maternidade (5) atraso no desenvolvimento (4) book gestante (4) consulta pediatra (4) contagem regressiva (4) festa de um ano (4) gravidez e diabetes (4) segundo filho (4) Ano Novo (3) Apae (3) Dia das Mães (3) amamentação (3) chá de bebê (3) criança especial (3) fotografia (3) gripe (3) grávida (3) internação (3) mãe (3) sobre a mamãe (3) 21 semanas (2) 24 semanas de gestação (2) 4 anos (2) 4 meses (2) De Deus um anjo (2) Epilepsia (2) Novo layout (2) Obstetra (2) US morfológica (2) atualidades (2) cardiologista (2) controle glicemia (2) crise de epilepsia (2) demissão (2) escolinha (2) evoluções (2) fotolivro (2) grávida diabética (2) hipoglicemia (2) milagres (2) novo projeto (2) outros assuntos (2) primeira US (2) refluxo (2) selinho (2) sorriso (2) sorteio (2) tipos de parto (2) viagem (2) vivendo e aprendendo (2) volta ao trabalho (2) #protestomaterno (1) 1 ano (1) 11 dias (1) 11 meses (1) 12 dias (1) 12 semanas (1) 14 semanas de gestação (1) 17 semanas (1) 18 semanas (1) 19 semanas (1) 2 anos (1) 2 dias (1) 23 semanas (1) 28 semanas (1) 29 semanas de gravidez (1) 3 anos (1) 3 meses (1) 30 semanas gestação (1) 31 semanas de gestação (1) 33 semanas de gestação (1) 34 semanas (1) 35 semanas (1) 4 dias (1) 6 dias (1) 7 dias (1) 9 meses (1) 9 semanas gestação (1) Alta (1) Blogagem Coletiva (1) Constatações (1) Crianças Especiais (1) Deus (1) H1N1 vacina (1) News (1) O positivo (1) Onze meses (1) Relato de parto (1) Sarah (1) Saudades (1) Special Kids (1) Testado pela Mamãe (1) Theo (1) UTI Neo-natal (1) aborto (1) agradecimentos (1) alimentação (1) amor incondicional (1) assentos reservados (1) boas novas (1) caminhando (1) cesárea (1) cinco meses (1) como tudo começou (1) comprimidos hipoglicemiantes (1) concurso (1) convênio (1) crise gelástica (1) cólicas (1) data do parto (1) decisão sobre o parto (1) decoração (1) depressão (1) dia dos pais (1) diabetes tipo I (1) doencinhas infantis (1) dois meses (1) dor ciático (1) dor na perna esquerda (1) ecocardiograma (1) educação (1) entrevista de emprego (1) entrevista istoé (1) espasmos infantis (1) estresse (1) exames de sangue (1) expectativas (1) falando (1) felicidade (1) fraqueza (1) futuro (1) gentileza (1) gravidez em diabéticas (1) hemoglobina glicada (1) icterícia (1) infecção urinária. exame de toque (1) insulina (1) licença maternidade (1) livro da Sarah (1) luto (1) manifestações (1) medicação (1) milagre (1) nervo ciático (1) não é só por 20 centavos (1) papai Diego (1) papinhas (1) parto normal (1) polêmica da mãe vaca (1) pronto socorro (1) protestos em SP (1) protestos no Brasil (1) rapidinhas (1) refletindo (1) rotina (1) segundo trimestre gestação (1) selinhos (1) sensibilidade (1) sentimentos maternos (1) sexto sentido (1) suco (1) terceiro trimestre (1) tipos de diabetes (1) trabalho (1) ultrassom (1) ultrassom obstétrico (1) um ano (1) um mês (1) vacina (1) É amanhã (1)