Redes Sociais



Layout desenvolvido por Renata. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquisar este blog

Postagens populares

terça-feira, 23 de março de 2010

Rumo ao terceiro trimestre!

Oi gente! Tenho lido o blog de todas sempre, mas estou um pouco sem tempo de escrever, na verdade quero escrever tanta coisa que acabo me perdendo nos assuntos e nunca consigo terminar o post rsrsrsrs! Resolvi então neste post fazer um balanço geral de tudo até aqui, vai ficar enorme, me desculpem amores...
Como estamos agora?
Estamos bem (aparentemente), como assim aparentemente? Desde quando passei no PS por suspeita de perda de líquido, nunca mais vi minha princesa pelo US (snif), aí conforme demora pra eu vê-la pulando na minha frente, fico pensando bobagem. Na verdade não é bobagem, é cisma sabem? A cada sensação nova fico pensando, será que é normal? Se ela mexe demais fico encucada porque tanta agitação, se ela mexe menos fico encucada pensando porque está tão quieta, enfim, neuras o tempo todo.
Como foi a busca pelo positivo?
Eu era casada há seis anos e sempre quis ter filhos e meu esposo também, mas ficava esperando o momento certo, queria organizar melhor a minha vida para depois ter um filho, mas sempre acontecia algo que me fazia adiar um pouco a idéia, aí um belo dia me deu um estalo e eu resolvi que ia começar a tentar, na verdade eu fiz as coisas um pouco erradas, porque sou diabética e a cartilha da “gravidez-em-diabéticas-planejadas” diz que quando uma diabética resolve engravidar deve realizar um controle rigoroso com no mínimo 6 meses de antecedência para engravidar com a glicemia totalmente sob controle e eu não fiz isso rsrsrsrs. Eu tomava meus remédios diariamente (até mesmo porque se não tomasse morria né? rs), mas meu controle estava longe de ser rigoroso e minhas taxas de hemoglobina glicada (exame que mede a média das glicemias dos últimos meses) estavam bem altinhas até (ai se meu endócrino me ouve falar assim!). Passei a ler tudo sobre período fértil, gravidez, testes de farmácia e descobri um monte de coisa que não fazia nem idéia que existia. Passei a tentar e no primeiro ciclo (nem eu acredito até hoje!) consegui meu positivo. As treinantes podem até dizer que eu não sei a angústia delas por não ter ficado meses tentando, mas sou sincera em dizer que sei sim, como você sabe se conseguiu de primeira? Eu fiquei quinze dias em quase surto psicótico total depois dos treinos no período fértil, eu queria saber de qualquer jeito se estava grávida, observava cada mudançazinha no meu corpo e interpretava como gravidez, fiz 5 (cinco!!!) testes de farmácia antes do atraso pra ver se davam positivo (lógico que todos deram negativo rsrsrs), li sites, blogs, fóruns e tudo mais até conseguir o teste positivo (no primeiro dia de atraso da monstra) e imagino que se tivesse que ficar mais um ano nessa neura iria enlouquecer, sei que não desistiria, mas no mínimo eu ia endoidar e deixar meu marido maluco também rsrsrs! Portanto, treinantes queridas, me solidarizo com todas vocês e rezo todos os dias para que os positivos venham porque vocês são guerreiras demais e merecem, estão todas no meu coração!
Os primeiros meses
Os 3 primeiros meses foram de muita angústia, depois que resolvi ficar grávida, virei especialista no assunto (li tudo que vcs possam imaginar) e sabia que no primeiro trimestre o risco de aborto é grande, ainda mais na primeira gestação e ainda mais por causa do diabetes, que pode causar aborto precoce também! Fora o medo de aborto tinha o medo de más formações congênitas por causa da glicemia que estava um pouco descompensada devido às altas taxas de hormônios da gravidez, no caso de diabéticas o primeiro trimestre é bem mais propício a problemas do que nas grávidas comuns e eu tinha muito medo do meu bebê ter problemas congênitos por causa da minha doença. Passei três meses bem tensos, sei que com todas foi assim, mas eu tinha um motivo a mais ainda né?
Não tive aqueles enjôos de não conseguir comer como muitas tiveram, tive enjôos leves, alguns dias comi mal, mas nada que me fizesse ir parar no PS ou faltar muitas vezes ao trabalho.
Segundo trimestre
Foi bem calmo, diga-se de passagem, todo mundo fala que é o melhor trimestre e eu reforço esse coro, fiz muitos exames de controle e rotina e todos deram resultados ótimos. Os US´s da Sarinha foram sempre bem normais e em todos a data da DUM batia com as semanas que o US apontava o que me deixava sempre muito aliviada, porque isso quer dizer que ela cresce em ritmo normal, porque diabéticas tendem a ter bebês muito grandes e se isso acontecesse poderia acarretar a necessidade dela nascer antes do tempo e ficar em UTI Neo-natal por ser prematura e eu não quero que isso aconteça.
A barriga cresceu e eu passei a aparentar estar grávida, podendo assim usufruir dos direitos a nós garantidos por lei, como os assentos prioritários no metrô e ônibus e as filas preferenciais. Passei a usar tudo isso sem que ninguém me olhasse torto.
Comprei quase tudo do enxoval da pequena, pintamos o quarto e já está quase tudo pronto, vou esperar um pouco para montar tudo definitivamente pra que não junte muito pó até ela nascer.
O controle da minha glicemia até as 24 semanas era impecável, super dentro do normal, depois disso começou a oscilar bastante, mas já é de conhecimento que o terceiro trimestre é complicadinho mesmo para o controle.
Até aqui minha gravidez tem sido muito calma, não tive sangramentos, cólicas muito fortes, não fiquei doente (nem gripe, nem nada!!!) e estou trabalhando normalmente até agora, saio apenas nos dias que tenho consultas ou exames, mesmo assim dificilmente me ausento o dia todo, somente quando tenho mais de uma consulta ou exame no mesmo dia. Tive apenas uma suspeita de perda de líquido amniótico que foi descartada depois da realização de exames na emergência.
Coisas que não foram bem como eu pensava
Bom, já disse que planejamos muito a gravidez, mas como nem sempre as coisas saem como esperamos, quando eu estava no terceiro mês de gestação meu esposo perdeu o emprego (chato né?) e até agora ainda não está trabalhando, como ele tinha mais de cinco anos nessa empresa, recebeu um bom dinheiro que tem permitido que a gente se vire bem e além do mais eu também trabalho, então a situação “ainda” está sob controle, esperamos que ele consiga um novo emprego em breve.
Assim que descobri a gravidez, comuniquei meu chefe, não tinha intenção nenhuma de esconder, aliás queria que ele soubesse logo, pois dali em diante teria várias consultas e exames a realizar, portanto ele deveria sempre estar por dentro, pois os prazos de entregas dos meus projetos seriam afetados por isso e imaginei que ele se programaria melhor. Não foi o que aconteceu e em vários momentos houve estresse quando deixei coisas pendentes para ir ao médico. Percebi também que eu tenho trabalhado muito mais, parece que me dão muito mais trabalho agora que estou grávida, para terem mais motivos para falarem que eu não dou conta das coisas, enfim, são muitas cobranças e trabalho apenas com homens o que dificulta minha vida, pois nenhum deles me compreende nesse momento.
Desde o primeiro trimestre sinto muitas dores no nervo ciático, em alguns momentos essas dores me impedem de andar, dormir e até de ficar sentada, são dores muito fortes mesmo e não posso ficar tomando remédio então já viu né? Tem dia que quase não consigo levantar da cama. Eu sabia que a gravidez trazia uma série de desconfortos, mas não sabia que eram tantos assim.
Rumo ao terceiro trimestre
Estou na vigésima sexta semana, fechando o sexto mês e entrando no sétimo e já sinto alguns dos sintomas do último trimestre em gestantes diabéticas. Já precisei aumentar razoavelmente as doses de insulina para manter os níveis de glicose controlados e tenho monitorado mais vezes ao dia também. Além da dor no nervo ciático, tenho agora uma dor na lombar que só falta me matar, se fico muito tempo sentada dói, se fico muito tempo em pé dói, enfim dói o tempo todo rsrsrsrs.
A barriga bem grande já, em alguns momentos pesa bastante e incomoda, mas também não tem nada mais gostoso que sentir minha pequena mexer pra lá e pra cá e cada dia mais forte, passaria por tudo isso outra vez, é uma sensação maravilhosa.
Chega de falar, porque o post já ficou parecendo uma tese de doutorado rsrsrsrs!
Bjus a todas as barrigudas e treinantes queridas que me visitam, amo todas vocês!
sexta-feira, 12 de março de 2010

Estou feliz! Êeeeeeeee!!!



Olá meus amores!!!
Depois do último post meio rebelde, venho aqui dizer que estou feliz!
Esta semana foi mais calma (graças a Deus!), o trabalho fluiu bem melhor e sem cobranças (nem acredito!) e me senti muito bem durante toda a semana.
Aquele vazamento de líquido cessou de vez, não deu mais as caras, maravilhoso!
A barriga gente do céu, está enooooormmmeee!!! Sei que devo umas fotinhas né? Vou tirar esse fim de semana e posto para todas me conhecerem melhor e conhecerem o bucho kkkk!
Ontem foi minha consulta com a GO e ela me elogiou bastante, tanto pelo fato de os meus controles de diabetes estarem ótimos, quando ao fato de ter engordado apenas 2 kilos, já que estava abusando um pouquinho nos outros meses.
Mediu a barriga que está com 22 centímetros, cresceu 4 desde a última consulta o que significa que meu amorzinho está crescendo bem. 
As tentativas de ouvir o coração foram hilárias, a Sarah mexeu muito quando ela colocou o aparelho na minha barriga, assustou até a médica, parecia que estava brincando de esconde-esconde, deu trabalho para conseguirmos ouvir o coração dela, mas conseguimos e ele estava lá firme e forte batendo rapidinho.
Vamos fazer uma ecografia fetal, já que sou diabética e estou no grupo de risco de ter bebês com probleminhas no coração, tenho fé que vai dar tudo certo, porém se for algo tratável é melhor descobrir logo né? Quanto antes melhor, as chances de cura aumentam!
Tenho um pedido de Ultra também, ai que maravilha! É tão bom ver minha princesa, ver como ela está crescendo e se desenvolvendo, já estou ansiosa!
Recebi uma ótima notícia essa semana, vou passar a trabalhar em casa, preciso organizar as coisas (meu computador, o espaço onde vou trabalhar), a empresa propôs isso e fiquei super feliz, porque isso vai acabar com a história do trânsito que pego todo dia! Estou muito feliz.
Enfim, essa semana foi muito boa, aconteceram coisas maravilhosas.
Bjus a todas!
segunda-feira, 8 de março de 2010

24 semanas e estresses!

 
Esta semana foi de longe a mais complicada depois que descobri a gravidez! Foi tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que achei que ia ficar maluca e não ia dar conta de tudo.
Desculpem se o post ficar grande mas é que foi muita coisa mesmo (tenho que aprender a postar mais vezes para ver se diminuo o tamanho dos textos).

Já mencionei em posts anteriores aqui que trabalho como programadora, até aí tudo bem, uma profissão até tranquila para uma gestante eu pensava antes de ficar grávida... bom, depois que fiquei grávida entendi que me enganei redondamente!!! Não preciso ficar em pé o dia todo, não carrego peso, não preciso ficar subindo e descendo escadas, mas o raciocínio, esse ficou uma droga. Para desenvolver milhares de linhas de códigos de programa por dia, preciso de muita concentração e raciocínio, o que definitivamente não é mais meu forte desde que engravidei, minha cabeça anda pra lá de avoada. Isto não é novidade né, mas o que complica muito meu caso é que onde trabalho só tem homens e eles definitivamente não entendem mulher grávida! Acham que tudo é frescura, que estou fazendo corpo mole, que tenho que trabalhar no mesmo ritmo de antes ou até mais. Ultimamente estou tendo muito mais trabalho que antes, vários novos projetos com prazos apertadíssimos que quase nunca consigo cumprir e imagina as caras feias que estou enfrentando todos os dias.
Já falei também em outros posts que moro muito longe do meu trabalho e pra piorar o trânsito está mais do que infernal devido às obras da marginal tietê que nunca acabam e estão me fazendo ficar mais de duas horas dentro do ônibus todo dia, imaginem como chego ao trabalho... acabada já!
Além disso tudo rolou um estresse com meu chefe essa semana justamente por causa dos prazos que não estou conseguindo cumprir, ele exigiu que eu entregasse um projeto e disse que a única "desculpa" que aceitaria para a não entrega do mesmo seria se caso eu "MORRESSE", assim mesmo, com toda essa delicadeza... Na hora engoli seco, nem tive forças pra responder, mas me acabei de chorar depois que cheguei em casa.
Não sei se esse nervoso foi a causa, mas no dia seguinte tive um vazamento de líquido amniótico e fui parar no pronto socorro!!! Graças a Deus o vazamento foi pequeno e não prejudicou minha princesa, mas confesso que o susto foi grande, o medo de perdê-la foi imenso! Então acabei ficando afastada do trabalho na quinta e na sexta-feira, voltei só hoje e até ontem estava de repouso por recomendação médica. No final das contas tudo ficou bem e não vazou mais nada, mas confesso que ficar no PS mofando esperando resultado de exame e tomando soro não é nada agradável!
Enfim, estamos nós aqui na vigésima quarta semana e eu ansiosíssima pra conhecer minha pequena!

Bjus a todas, desculpem o desabafo, mas é que tem hora que não dá rsrsrsrs.
terça-feira, 2 de março de 2010

23 semanas e tudo bem até agora!!!


Bom, o que dizer das 23 semanas? Não sinto nada de muito diferente do que já estava sentindo... A bebê mexe bem, tem momentos que fica bem quietinha (fico aflita!), mas tem momentos que mexe bastante (alívio rs).
O que me incomoda de verdade é uma dor que tenho na perna esquerda bem na junta do quadril com a perna (eu acho rsrsrs), essa dor é complicada, me atrapalha andar, descer escadas, virar de um lado para o outro na cama, tem hora que chego a andar mancando! Não queria ir ao médico por isso, evito ao máximo ir ao PS porque sou meio cismada sabe??? Tenho medo do médico plantonista receitar remédio errado, tenho medo de tomar remédio sem necessidade e prejudicar minha bebê, então fico aguentando, mas confesso que está ficando difícil, tem hora que sinto umas fisgadas e a perna parece que enfraquece e tenho que segurar pra não cair! Já dei uma pesquisada, muitas mães sentem isso, mas não sei se com a mesma intensidade da minha, que realmente está atrapalhando minha vida. Estou vendo que se piorar muito não vou ter como fugir do médico.
Com relação ao diabetes, participo de uma comunidade no orkut que tem exclusivamente mamães diabéticas que estão gestantes ou que já tiveram seus bebês e é muito bom compartilhar experiências com quem já passou pelo que eu estou passando, já li mais de uma vez todos os tópicos do fórum (kkkk), o que me faz ficar um pouco mais calma com tudo que acontece comigo, mas confesso que tem dias que fico meio surtada, principalmente nos dias que a glicose dá uma subida de repente! Fico me sentindo culpada, aimewdeusdocéu, grávida já tem milhões de caraminholas bobas na cabeça e grávida diabética tem o dobro rsrsrsrs! Mas aparentemente está tudo bem, na próxima consulta (11/03) a GO disse que vai me pedir um ultrassom, que bom, vou poder saber como está minha pequena!
De resto está tudo bem, o cantinho da Sarah está quase pronto, os móveis já estão montados, o quarto devidamente pintado, o enxoval 90% pronto, faltam apenas alguns detalhezinhos! É tão bom ver tudo bem encaminhado.
Não sei se acontece só comigo, mas está difícil trabalhar sabiam? A disposição está zero... Trabalho bem longe de casa, são mais de duas horas pra chegar e quase isso pra voltar, sou programadora, tenho que usar muito o raciocínio e ultimamente ele está bem lerdo (rsrsrs), trabalho bem de manhã, mas à tarde quando o cansaço chega fico mal... Contando os minutos para ir embora.
Enfim, amo estar grávida, mas de vez em quando fico cansada dos sintomas!

Bjus a todas as barriguinhas e as que ainda esperam por ela!

Marcadores

síndrome de west (24) desenvolvimento (15) diabetes (6) gravidez (6) novidades (6) atualizações (5) desabafo (5) maternidade (5) atraso no desenvolvimento (4) book gestante (4) consulta pediatra (4) contagem regressiva (4) festa de um ano (4) gravidez e diabetes (4) segundo filho (4) Ano Novo (3) Apae (3) Dia das Mães (3) amamentação (3) chá de bebê (3) criança especial (3) fotografia (3) gripe (3) grávida (3) internação (3) mãe (3) sobre a mamãe (3) 21 semanas (2) 24 semanas de gestação (2) 4 anos (2) 4 meses (2) De Deus um anjo (2) Epilepsia (2) Novo layout (2) Obstetra (2) US morfológica (2) atualidades (2) cardiologista (2) controle glicemia (2) crise de epilepsia (2) demissão (2) escolinha (2) evoluções (2) fotolivro (2) grávida diabética (2) hipoglicemia (2) milagres (2) novo projeto (2) outros assuntos (2) primeira US (2) refluxo (2) selinho (2) sorriso (2) sorteio (2) tipos de parto (2) viagem (2) vivendo e aprendendo (2) volta ao trabalho (2) #protestomaterno (1) 1 ano (1) 11 dias (1) 11 meses (1) 12 dias (1) 12 semanas (1) 14 semanas de gestação (1) 17 semanas (1) 18 semanas (1) 19 semanas (1) 2 anos (1) 2 dias (1) 23 semanas (1) 28 semanas (1) 29 semanas de gravidez (1) 3 anos (1) 3 meses (1) 30 semanas gestação (1) 31 semanas de gestação (1) 33 semanas de gestação (1) 34 semanas (1) 35 semanas (1) 4 dias (1) 6 dias (1) 7 dias (1) 9 meses (1) 9 semanas gestação (1) Alta (1) Blogagem Coletiva (1) Constatações (1) Crianças Especiais (1) Deus (1) H1N1 vacina (1) News (1) O positivo (1) Onze meses (1) Relato de parto (1) Sarah (1) Saudades (1) Special Kids (1) Testado pela Mamãe (1) Theo (1) UTI Neo-natal (1) aborto (1) agradecimentos (1) alimentação (1) amor incondicional (1) assentos reservados (1) boas novas (1) caminhando (1) cesárea (1) cinco meses (1) como tudo começou (1) comprimidos hipoglicemiantes (1) concurso (1) convênio (1) crise gelástica (1) cólicas (1) data do parto (1) decisão sobre o parto (1) decoração (1) depressão (1) dia dos pais (1) diabetes tipo I (1) doencinhas infantis (1) dois meses (1) dor ciático (1) dor na perna esquerda (1) ecocardiograma (1) educação (1) entrevista de emprego (1) entrevista istoé (1) espasmos infantis (1) estresse (1) exames de sangue (1) expectativas (1) falando (1) felicidade (1) fraqueza (1) futuro (1) gentileza (1) gravidez em diabéticas (1) hemoglobina glicada (1) icterícia (1) infecção urinária. exame de toque (1) insulina (1) licença maternidade (1) livro da Sarah (1) luto (1) manifestações (1) medicação (1) milagre (1) nervo ciático (1) não é só por 20 centavos (1) papai Diego (1) papinhas (1) parto normal (1) polêmica da mãe vaca (1) pronto socorro (1) protestos em SP (1) protestos no Brasil (1) rapidinhas (1) refletindo (1) rotina (1) segundo trimestre gestação (1) selinhos (1) sensibilidade (1) sentimentos maternos (1) sexto sentido (1) suco (1) terceiro trimestre (1) tipos de diabetes (1) trabalho (1) ultrassom (1) ultrassom obstétrico (1) um ano (1) um mês (1) vacina (1) É amanhã (1)