Redes Sociais



Layout desenvolvido por Renata. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquisar este blog

Postagens populares

terça-feira, 29 de junho de 2010

Relato do parto e como andam as coisas!



Oi gente como vão?

Desculpem pelo sumiço, mas vocês me entendem né? Afinal, ou passaram, estão passando ou vão passar pelo que estou passando, então é redundante dizer que às vezes nem tenho tempo de ir ao banheiro né? Pra vocês terem uma idéia estou tentando finalizar este post há 5 dias.

1 - Falando da saúde da Sarinha: Ela está muito bem graças à Deus, não teve mais nenhum episódio de hipoglicemia e a icterícia diminuiu muito à olhos vistos! Ainda está um pouco amarelinha, mas já está bem mais clarinha. Graças à Deus!!!

2 - Relatando o parto: Sempre amei ler os relatos de parto. Agora vou contar o meu...
A cesárea estava pré-agendada como relatei em posts anteriores, passei uma semana de bastante ansiedade e fiquei bastante sensível também, afinal a espera de nove meses teria fim na sexta-feira. Fisicamente eu estava mais que esgotada, a barriga estava enorme e baixa, o que tornava o ato de ir ao banheiro um martírio, doía demais a bexiga e eu estava praticamente me mudando para o banheiro rsrsrsrs... As costas sem comentários, em qualquer posição doía, não tinha jeito. Acho que devido à ansiedade estava muito enjoada, quase nada me dava fome, estava comendo muito pouco mesmo. Engordei no total 23 kilos, isso mesmo 23 KILOS! Absurdo eu sei, cometi vários erros durante a gestação que numa próxima (se houver) não cometerei novamente, afinal, aprendendo com os erros.
Enfim, ao chegar o grande dia, levantei às 4:30 da madrugada, o parto estava marcado para as 7:00 e a médica tinha avisado que não se atrasaria. Chegamos à maternidade por volta de 5:45 e demos entrada nos papéis da internação que por sinal foi muito rápido. Por volta de 6 e alguma coisa me encaminharam para a sala de pré-parto e fiquei esperando minha médica chegar. Por incrível que pareça ela cumpriu a promessa e não se atrasou, fui de maca para o centro cirúrgico e aí comecei a ficar tensa. Chegando lá a enfermeira que acompanharia o parto foi me preparando, pegou a veia para o soro (não doeu nadinha!), ligou os aparelhos de monitoração, preparou toda a sala, nisso o anestesista chegou, me explicou o procedimento, me pediu para sentar curvada que ele aplicaria a anestesia, um enfermeiro me ajudou a sentar (com aquela barriga toda estava difícil rs) e ele aplicou, confesso, fiquei tensa por medo, pois muita gente fala que a rack dói muito, mas não senti nada! Minhas pernas começaram a adormecer e a médica anunciou que começaria o procedimento. Foi estranho, pois não sentia dor, mas sentia mexerem na minha barriga, sensação grotesca! Em mais ou menos 10 minutos ouvi o choro mais lindo de toda minha vida, minha princesinha nasceu!!! Chorou bem forte, recebeu nota de apgar 9/10, todos ficaram surpresos com o tamanho dela e as bochechas que eram enormes! Sarah nasceu com 4.160 e 58 centímetros, um bebê macrossômico realmente, mas isso é esperado de mães diabéticas. A enfermeira me trouxe ela pra ver e eu chorava copiosamente. Detalhe: meu esposo não conseguiu acompanhar o parto porque o hospital cobrava taxa e a gente não tinha como pagar! Então esse momento só estará guardado na minha lembrança, mas com certeza jamais esquecerei! Sem dúvida, foi um nascimento de uma nova alma, de mãe que vira bicho quando mexem com sua cria!!! Rosno, fico brava e até mordo kkkkkk!

3 - Pós operatório: Fui para a sala de recuperação pós anestésica para me recuperar da anestesia, só desceria para o quarto quando sentisse as pernas. É horrível a sensação de não sentir as pernas, mas o pior não foi isso. Tive uma reação horrorosa à anestesia, tremia demais, o corpo todo, batia os dentes, horrível. Fiquei assim umas duas horas mais ou menos. Fora aquele soro f*** com ocitocina!!!! O que é aquilo??? Que dor infernal mewdeusdocéu. Tomei um daqueles na sala de RPA e depois outro no quarto, nunca rezei tanto pra um soro acabar! Depois fui para o quarto, uma hora depois mais ou menos pude levantar a cabeça depois da anestesia pela primeira vez. Veio uma sopa para mim. Levantei e sentei com muita dor, não senti tontura nem vomitei! Comi e logo em seguida a enfermeira veio para me ajudar a levantar e tomar banho. Que dor! Falo sinceramente porque não tenho intenção de mentir mesmo, estou relatando o que aconteceu comigo, com outras pessoas pode ser diferente, mas eu não gostei nem um pouco da cesárea, senti muita dor no pós-operatório. Fiquei no quarto com uma mulher que ganhou de parto normal, que um dia depois andava quase normal, se virava na cama e eu sofria cada vez que tinha que ir ao banheiro. Enfim, não digo maravilhas da cesárea não e não aconselho quem pode ter um parto normal a trocar por cesárea. Só em casos de risco mesmo! Cesárea não é solução para parto sem dor, entendi que parto sem dor não existe, se não forem as dores das contrações serão as dores do pós operatório.

4 - A Sarah na UTI: Durante toda a gravidez tentei me preparar psicologicamente para se ela precisasse ir para a UTI por hipoglicemia, já que as mães diabéticas correm esse risco. E foi isso que aconteceu, ela teve hipo na primeira hora de vida e precisou ir para lá receber soro glicosado na veia para estabilizar o quadro. Fui vê-la na UTI e chorei muito quando a vi cheia de aparelhos ligados, dentro da incubadora, com aquele soro na testa e um monte de roxo nas mãozinhas onde estavam furando para fazer teste de glicose. Nunca pensei que sentiria algum dia tanta dor, chorei demas e fiquei me sentindo culpada por aquilo estar acontecendo com ela devido minha doença. Graças a Deus a glicose dela se estabilizou no dia seguinte, porém para minha surpresa ela desenvolveu icterícia moderada/grave que evoluía rapidamente e ficaria mais dias no banho de luz. Isso aconteceu devido uma reação do organismo dela ao meu tipo sanguíneo, já que ela nasceu com o tipo do pai que é diferente do meu. Isso desencadeou uma reação no fígado dela que fez a bilirrubina aumentar rapidamente. O banho de luz não conseguia reduzir e dia após dia a angústia só aumentava. Num dos picos a médica chegou a falar em fazer uma transfusão de sangue, imagina minha angústia!!! Recebi alta e ela ficou lá, eu tinha que ir todos os dias 3x ao dia tirar leite do peito e deixar para ela e também para visitá-la e conversar com a médica da UTI para saber do seu quadro.
Ela passou longos oito dias na UTI, chorei todos os dias sua falta, senti uma dor que nunca tinha sentido antes. Com o tempo pretendo relatar melhor esses dias, se eu for falar agora o post vira uma bíblia rsrsrs.

5 - Amamentação: Um capítulo totalmente à parte. Escreverei um post dedicado a isso.

6 - Minha recuperação e meu corpo: Devido às idas constantes à UTI e pelo fato de haverem duas escadas na minha casa, minha recuperação foi mais lenta e ainda sinto um pouco de dor. Não fiz repouso em casa porque simplesmente não dava tempo. Eram muitas viagens ao hospital por dia. Depois que ela veio pra casa a rotina se tornou frenética e eu não descansei mais mesmo. Não sei se tive algum problema por isso. Amanhã tenho retorno com a minha GO para verificar como estão as coisas. Dos 23 kilos que ganhei já perdi 14, a barriga está como se eu estivesse grávida de 4 ou 5 meses. Vamos ver se diminui com o passar do tempo.

7 - Rotina em casa: Outro post à parte.

8 - Ajuda e visitas: Este vai dar um post polêmico também. Falo melhor em outra ocasião.

Tenho muita coisa pra contar, peço milhares de perdões por não estar comentando nos blogs, mas eu estou lendo viu? Estou à par de tudo. Pretendo me redimir por esses dias, já que as coisas estão se encaixando por aqui aos poucos. Me perdoem a demora em escrever, mas pensei que ia pirar nos primeiros dias.

Bjus e volto em breve com novidades, prometo!

7 comentários:

Aline Milanez disse...

Ah Rê..que chato que vc não teve um bom pós parto! Eu não senti absolutamente nada! é como todo mundo diz, cada pessoa reage diferente..Mas o importante é que vc está melhor e que a Sarah está crescendo e livre de todas aquelas coisinhas!!
bjs!

Priscilla disse...

Oii Rê!
Parabéns pela filhota..e é claro q eu entendo o seu sumiço!..
Graças á Deus mesmo com todas essas intercorrências..tudo deu certo e vcs estão com saúde!
Ela está mesmo muito grandinha..fofonilda!
Beijinhos e felicidades ! *-*

Diário de uma grávida disse...

Oi rê, te entendo perfeitamente quando tu dizes que sentiu muita dor no pós parto!!! nem sempre a reação de uma pessoa é igual a outra né? eu tmb fiquei muito mal, devido a gases, remédio e mais dores, e mais um bando de palpiteiro que veio me visitar e isso tudo calhou em um baby blues horrível que não desejo pra ninguém!!!
mas quanto a Sarah, que bom que está tudo bem com ela!!! ela é enorme e linda demais!!
Parabens mais uma vez!!
Tô aqui aguardando teus próximos post...hehehe
Bjuuuus
boa recuperação

Priscilla disse...

kra..putz
mais uma vez...é por essas e outras q tenho meda d cesárea..vc ta certissima..a dor é inevitavel..ou vem no normal com as contrações ou no pos d uma cesarea..arghhhh horrível msmo..sei q cada caso eh um caso..mais eu morro d medo de cesárea..oro á Deus para q ele me dê condições d um PN..pq não é mole não Rê...sinto por vc ter sentido isso tudo..o bom eh q agora vc tá bem..agora oq mais achei lindo..sinceramente? foi o peso da Sarah..um bebê GIG lindoooooooooooooooo!!!!!!!! e fikei orgulhosadela ter esses 4 kilos..e pokoss..não foram só 4 kilim..rs teve as 160 gr..heheeh..rê meus parabéns mesmo kra...! Graças á DEUS!

Agnes, Mãe do Pedro Henrique disse...

que bom que a Sarah esta bem, isso é o mais importantee!
E linda então nem se fala, uma fofa!
Adoro ler tb os relatos de parto.. hehehe
que charo vc não ter gostado da cesaria, pois eu não tenho do que reclamar da mh, não senti qse dor, claro que dor mesmo agente sente, mais senti pouco... e o pos parto tbm ta sendo bom. sem dores.
eu ja estou praticamente recuperada em 20 dias, hj não sinto mais dores... sei que num posso fazer esforço pq por dentro ainda não cicatrizou, mais estou otima!
melhoras pra vc!
bjs
e não suma!

Beta disse...

Oi Rê!!! Adorei os posts!!! Adorei mesmo...
Muito realistas.
Estamos no sétimo mês, e a ansiedade só aumenta pela espera de Bia!!!
Parabéns pela Sarah e pelo seu amor tão intenso e real!!!
Parabéns pela sua fortaleza!!!
Beijo grande.
Beta.

Bruna Toledo Ferraz disse...

Olá Rê!
Nossa estou amando o seu blog e a forma que você fala das coisas com rico detalhes ..
Ja tive meu primeiro filho e foi Cesaria realmente a recuperação não é das melhores.. mas faria novamente ,depois de 3 Anos descobri a Diabetes Tipo 1, e pretendo ter mas um filho e vejo com seus post que é possível.
Obrigada

Marcadores

síndrome de west (24) desenvolvimento (15) diabetes (6) gravidez (6) novidades (6) atualizações (5) desabafo (5) maternidade (5) atraso no desenvolvimento (4) book gestante (4) consulta pediatra (4) contagem regressiva (4) festa de um ano (4) gravidez e diabetes (4) segundo filho (4) Ano Novo (3) Apae (3) Dia das Mães (3) amamentação (3) chá de bebê (3) criança especial (3) fotografia (3) gripe (3) grávida (3) internação (3) mãe (3) sobre a mamãe (3) 21 semanas (2) 24 semanas de gestação (2) 4 anos (2) 4 meses (2) De Deus um anjo (2) Epilepsia (2) Novo layout (2) Obstetra (2) US morfológica (2) atualidades (2) cardiologista (2) controle glicemia (2) crise de epilepsia (2) demissão (2) escolinha (2) evoluções (2) fotolivro (2) grávida diabética (2) hipoglicemia (2) milagres (2) novo projeto (2) outros assuntos (2) primeira US (2) refluxo (2) selinho (2) sorriso (2) sorteio (2) tipos de parto (2) viagem (2) vivendo e aprendendo (2) volta ao trabalho (2) #protestomaterno (1) 1 ano (1) 11 dias (1) 11 meses (1) 12 dias (1) 12 semanas (1) 14 semanas de gestação (1) 17 semanas (1) 18 semanas (1) 19 semanas (1) 2 anos (1) 2 dias (1) 23 semanas (1) 28 semanas (1) 29 semanas de gravidez (1) 3 anos (1) 3 meses (1) 30 semanas gestação (1) 31 semanas de gestação (1) 33 semanas de gestação (1) 34 semanas (1) 35 semanas (1) 4 dias (1) 6 dias (1) 7 dias (1) 9 meses (1) 9 semanas gestação (1) Alta (1) Blogagem Coletiva (1) Constatações (1) Crianças Especiais (1) Deus (1) H1N1 vacina (1) News (1) O positivo (1) Onze meses (1) Relato de parto (1) Sarah (1) Saudades (1) Special Kids (1) Testado pela Mamãe (1) Theo (1) UTI Neo-natal (1) aborto (1) agradecimentos (1) alimentação (1) amor incondicional (1) assentos reservados (1) boas novas (1) caminhando (1) cesárea (1) cinco meses (1) como tudo começou (1) comprimidos hipoglicemiantes (1) concurso (1) convênio (1) crise gelástica (1) cólicas (1) data do parto (1) decisão sobre o parto (1) decoração (1) depressão (1) dia dos pais (1) diabetes tipo I (1) doencinhas infantis (1) dois meses (1) dor ciático (1) dor na perna esquerda (1) ecocardiograma (1) educação (1) entrevista de emprego (1) entrevista istoé (1) espasmos infantis (1) estresse (1) exames de sangue (1) expectativas (1) falando (1) felicidade (1) fraqueza (1) futuro (1) gentileza (1) gravidez em diabéticas (1) hemoglobina glicada (1) icterícia (1) infecção urinária. exame de toque (1) insulina (1) licença maternidade (1) livro da Sarah (1) luto (1) manifestações (1) medicação (1) milagre (1) nervo ciático (1) não é só por 20 centavos (1) papai Diego (1) papinhas (1) parto normal (1) polêmica da mãe vaca (1) pronto socorro (1) protestos em SP (1) protestos no Brasil (1) rapidinhas (1) refletindo (1) rotina (1) segundo trimestre gestação (1) selinhos (1) sensibilidade (1) sentimentos maternos (1) sexto sentido (1) suco (1) terceiro trimestre (1) tipos de diabetes (1) trabalho (1) ultrassom (1) ultrassom obstétrico (1) um ano (1) um mês (1) vacina (1) É amanhã (1)